Arquivo
Tags

NEWSLETTER BSD 08/2021 - SASB e IIRC juntam forças

Em meio a tantos modelos de relatórios com alto grau de relevância e reconhecimento no universo ESG, chega uma notícia que simplificará as escolhas: no 9 de Julho de 2021 as instituições SASB e IIRC resolveram se unir formando a Value Reporting Fundation, uma organização global sem fins lucrativos que oferece um conjunto abrangente de recursos projetados para ajudar empresas e investidores a desenvolver uma compreensão compartilhada do valor da empresa, como este valor é criado, preservado ou erodido ao longo do tempo.

Para acompanhar as tendências do mercado corporativo no âmbito de relatórios de prestações de conta e aspectos relacionados ao meio ambiente, responsabilidade social e governança (ESG), há uma gama de modelos de relatórios de sustentabilidade reconhecidos e conceituados internacionalmente, o que por vezes pode confundir instituições sobre qual a melhor alternativa de relatar suas ações. Uma nova aliança promete uma simplificação de aspectos em comum entre dois destes padrões de relatórios. Em julho de 2021 as instituições SASB (Sustainable Accounting Standards Board) e IIRC (International Integrated Reporting Council) resolveram se unir formando a Value Reporting Fundation, uma organização global sem fins lucrativos que oferece um conjunto abrangente de recursos projetados para ajudar empresas e investidores a desenvolver uma compreensão compartilhada de valores de negócios. A Value Reporting Foundation apoia a tomada de decisões de negócios e de investidores com três recursos-chave: pensamento integrado, estrutura de relatório integrado e normas SASB.

Estrutura da Value Reporting Foundation

A Value Reporting Foundation é formada por uma estrutura que inclui um conselho de administração (o 'Value Reporting Foundation Board') e dois conselhos independentes que regem o conteúdo das normas: IIRC framework e SASB. O Conselho de normas SASB desenvolve, emite e mantém as normas SASB. O International Integrated Reporting Framework Board recomenda qualquer revisão, modificação ou outra atualização para o International Integrated Reporting Framework.

O intuito é simplificar o campo de divulgação corporativa, globalizando ambas as organizações (com o SASB sendo forte nos EUA e a IIRC internacionalmente) e suas estratégias, com um único conselho administrativo, mantendo as suas principais entregas (pensamento integrado, estrutura de relatório integrado e normas SASB).

O objetivo é trazer esses três produtos com mais força no mercado, para formar uma base organizacional comum, tanto na perspectiva da organização relatora quanto do leitor. O propósito é ter um conselho global de padrões de sustentabilidade sob a governança da fundação IFRS (International Financial Reporting Standards Foundation), assim como um grupo de trabalho técnico para apoiar esses padrões A fusão focou na melhoria do âmbito de gestão e o conselho gestor enfatiza assuntos que melhorem a tomada de decisão do investidor através dos padrões SASB como ferramentas e o pensamento integrado para melhorar negócios, trazendo mais clareza e simplicidade na comunicação de desempenho de relatórios corporativos.

Três eixos fundamentais: Tópicos SASB, IR e pensamento integrado

O pensamento integrado permite efetivamente considerar os relacionamentos entre as diversas unidades operacionais e funcionais de uma organização, bem como os capitais que ela usa ou afeta. Engloba a conectividade e as correlações entre uma série de fatores dos ambientes interno e externo que afetam diretamente a capacidade de uma organização de gerar valor a curto, médio e longo prazo. Já o modelo de prestação de contas da SASB (Sustainability Accounting Standards Board) estabelece tópicos e métricas de divulgação específicos para diferentes serviços detalhados para informar o que será incluso no relatório integrado. A SASB fornece e identifica questões ambientais, sociais e de governança que podem vir a representar impactos materiais e riscos no desempenho financeiro, considerando um conjunto de padrões de sustentabilidade, que possui aplicação em 77 setores diferentes. No desenvolvimento desses padrões, a SASB identificou temas a partir de um conjunto de 26 questões de sustentabilidade amplamente relevantes organizadas sob cinco dimensões de sustentabilidade: meio ambiente, capital social, capital humano, modelo de negócio e inovação e liderança e governança. A estrutura de relato integrado estabelece princípios básicos e elementos para guiar a condução geral de um relatório integrado, e explicar os conceitos fundamentais que os sustentam, trazendo uma visão de gestão holística sobre os recursos, interrelações que impulsionam uma melhor compreensão de como o valor é criado e as trocas que podem ser geradas, criando estratégias oportunas para potencializar as possibilidades.

Posição da GRI

A notícia da formação da Value Reporting Foundation pelo International Integrated Reporting Council (IIRC) e pelo Sustainability Accounting Standards Board (SASB) foi bem recebida pela GRI, sendo vista como uma consolidação de esforços. A GRI (Global Reporting Initiative) foi co-fundadora do IIRC e enxerga os relatórios integrados como complementos aos relatórios de sustentabilidade. Além disso, a GRI lançou no início deste ano um plano de trabalho conjunto com a SASB que visa compartilhar as melhores práticas e estudos de casos demonstrando como elas podem ser usadas em conjunto. Toda essa mobilização parte de uma demanda dos próprios investidores e empresas relatoras que anseiam por algo mais funcional que apresente uma melhor representação dos riscos sociais, ambientais e econômicos, de modo menos fragmentado. Com isso espera-se que mais empresas iniciem seus processos de relato e principalmente assumam suas responsabilidades nesse âmbito, tornando a adesão a um futuro mais sustentável algo tangível. Alerta sobre essa temática há anos, a BSD como consultoria global busca conduzir a elaboração de relatórios de forma consistente de acordo com as particularidades de cada instituição. Desenvolvemos conteúdo de treinamento para elaboração do relato integrado com base no Framework do IIRC revisado e lançado em 2021 em parceria com Fernando Fonseca da Multi Capital Solutions. Devido a pandemia do COVID-19, o curso está atualmente disponibilizado em formato online, com aulas ao vivo, o que permite o acesso global, interação com o instrutor e dinâmicas com elaboração de exercícios e simulação de relatórios trazendo relevância e fixação dos tópicos abordados.